• A não perder

    Mês do Azulejo

    outubro

    Durante este mês não perca as atividades programadas no âmbito da iniciativa nacional "Mês do Azulejo"

  • A não perder

    Ateliers na Quinta Pedagógica de Portimão

    Outubro

    Visite este equipamento em família e divirta-se com os mais novos nos ateliers temáticos. Sempre ao sábado, às 11h00.

  • A não perder

    Apresentação do livro “A Mamã Está Triste"

    27 outubro

    A obra "A Mamã Está Triste" - Como explicar a depressão parental a uma criança, de Carla Isabel Vicente e Margarida Caria foi a concretização de um sonho o lançamento deste livro.

  • A não perder

    Mexilhoeira Grande assinala 19º aniversário de elevação a vila

    1 novembro

    A Mexilhoeira Grande vai estar em festa no próximo dia, 1 de novembro, data em que será assinalada a passagem do 19 º aniversário de elevação à categoria de vila desta localidade do concelho à categoria de vila.

  • A não perder

    Festival de Órgão do Algarve

    3 e 9 de novembro

    A Associação Cultural Música XXI organiza a 11ª edição do Festival de Órgão do Algarve, que percorre os concelhos de Faro, Portimão, Loulé e Tavira. São 13 concertos distribuídos por várias igrejas da região, a realizar entre 2 e 30 de novembro.

  • Publicações

    Outubro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Outubro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Não deixe de visitar as exposições disponíveis na Casa Manuel Teixeira Gomes, com entrada livre e ouvir boa músic às quintas-feiras.

  • A não perder

    Escola de Música da Sociedade Filarmónica Portimonense

    setembro e outubro

    Escola de Música da Sociedade Filarmónica Portimonense já tem inscrições abertas e gratuitas.

  • A não perder

    Exposição de Trabalhos Manuais "Gerações"

    Exposição na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Ao longo do ano civil os centros vão fazendo algumas peças para enxoval de recém nascidos a fim de entregar na época natalícia a instituições ou à própria Maternidade do Hospital do Barlavento Algarvio.

  • A não perder

    Exposição de Pintura "Sentada no Arade" de Dália Cordeiro

    Exposição na Casa Manuel Teixeira Gomes

    A artista dedicou parte da sua vida ao ensino, na área das artes visuais Fez diversas exposições individuais e coletivas, salientando a Coletiva de Arte Contemporânea “Paratissima” Lisboa; a Individual no Museu Municipal de Faro; Arte Para 4, Galeria Sala Aires, Córdoba e Coletiva, Museu José Malhoa, Caldas da Rainha.

  • A não perder

    A Casa (Con) Vida às quintas...

    Casa (Con) vida às quintas...

    Provida dos equipamentos necessários à concretização de eventos culturais, formações, exposições e outras atividades de interesse geral, a Casa Manuel Teixeira Gomes é um espaço que visa acolher da melhor forma quem a visita.

  • A Não Perder

    Oferta Pavilhão Gimnodesportivo Portimão

    Renovações e Novas Inscrições a partir do dia 3 de setembro

    Não perca a época desportiva de 2018/2019, consulte o programa e inscreva-se!

  • Mês do Azulejo
  • Ateliers na Quinta Pedagógica de Portimão
  • Apresentação do livro “A Mamã Está Triste
  • Mexilhoeira Grande assinala 19º aniversário de elevação a vila
  • Festival de Órgão do Algarve
  • Outubro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Escola de Música da Sociedade Filarmónica Portimonense
  • Exposição de Trabalhos Manuais
  • Exposição de Pintura
  • A Casa (Con) Vida às quintas...
  • Oferta Pavilhão Gimnodesportivo Portimão

No fim-de-semana de 19 e 20 de Maio, o estuário do Rio Arade em Portimão vai receber, a décima sétima edição do Grande Prémio de Portugal/Algarve F1, uma das mais prestigiadas provas da modalidade que este ano marca o início do calendário do campeonato do mundo de 2018, e que vai contar com a participação de 19 dos melhores pilotos da especialidade, a grande novidade deste ano é a realização do Grande prémio ao pôr-do-sol. (Domingo, 20 de maio/17:50 - Volta de Apresentação; 18:00- GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL F1).

O espetáculo e a emoção são dois dos ingredientes desta competição desportiva que Portimão vai receber a par de cidades como Londres, Evian, Abu Dhabi ou Sharjah, um evento seguido em direto, ou em diferido, em todo o mundo.

Este campeonato proporciona dois espetáculos desportivos imperdíveis na modalidade de F4 e F1. São 9 equipas participantes e 19 grandes pilotos, oriundos de 11 países diferentes, a especialidade de F1 é a mais antiga e bem-sucedida da união internacional de motonáutica.

Pela nona vez nos 36 anos de história do Campeonato do Mundo, a abertura da época terá lugar em Portimão, no 17º Grande Prémio de Portugal / Algarve. A partir daí, o campeonato dirige-se para Londres, nas margens do rio Tâmisa, onde decorrerá em meados de junho o Grande Prémio de Londres, seguindo para Evian, França, o Grande Prémio de França nas margens do lago Leman, onde decorrerá no fim de junho. Seguem-se as provas no sudoeste asiático e nos Emirados Árabes Unidos, onde a modalidade é seguida apaixonadamente por milhares de pessoas. Após os dois Grandes Prémios da China, previsto para finais de agosto e finais de setembro, em cidades ainda a anunciar, terão lugar os Grandes Prémios dos Emirados Árabes Unidos em Dezembro – primeiro, o Grande Prémio de Abu Dhabi ao que se segue, alguns dias depois, o Grande Prémio de Sharjah.

Portimão em geral e o Rio Arade em particular oferecem excelentes condições para a realização de provas desportivas desta natureza. O município tem sido palco, na última década, de múltiplos grandes eventos pelo que tem um capital de know-how acumulado bastante grande que permite que o melhor apoio logístico seja oferecido aos organizadores deste Grande Prémio. Adicionalmente, o Rio Arade permite a realização de uma prova de grande espetacularidade, num circuito bastante técnico de quase dois kms, implantado entre a ponte rodoviária e o Convento de São Francisco. No ano passado, uma prova bastante competitiva saldou-se com a vitória final do piloto francês Philippe Chiappe, e a subida do representante português Duarte Benavente em terceiro lugar na subida ao podium.

Ao longo da Zona Ribeirinha de Portimão o público poderá ver toda a pista, todas as manobras, respirar o ambiente internacional que se vive nesta prova, e visitar aquele que é considerado o melhor Paddock de todo o circuito internacional, onde estão instaladas as “box” de cada equipa, e onde os técnicos e os pilotos fazem as afinações e os últimos testes antes dos treinos e da grande corrida. A inscrição é gratuita e limitada a 20 pessoas por visita. As visitas tem duração de 15 minutos e a inscrição e deve ser realizada junto à entrada do evento, de acordo com os seguintes horários:
Sábado, 19 mai.:
10h00 » 10h15» 10h30» 10h45» 11h00» 11h15» 11h30» 11h45» 12h00
14h30» 14h45» 15h00» 15h15» 15h30» 15h45» 16h00

Domingo, 20 mai.:
10h00 » 10h15» 10h30» 10h45» 11h00» 11h15» 11h30» 11h45» 12h00
14h30» 14h45» 15h00» 15h15» 15h30» 15h45» 16h00

Esta prova é uma organização da F1h20/UIM, com organização local a cargo do Município de Portimão, contando com o apoio local da Capitania do Porto de Portimão; Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A., EMARP e Turismo do Algarve, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Motonáutica e do Clube Naval de Portimão e o patrocínio do grupo Interpass; Autorent e Delta cafés.

Esta edição que se realiza em simultâneo com outra manifestação promete tornar este fim-de-semana único – as comemorações do 10º aniversário do Museu de Portimão, com especial destaque para a programação do dia 19 de maio, com a realização da 18ª Corrida Fotográfica de Portimão, entre as 09h00 e as 23h00; a inauguração da Exposição “Gentes da Terra e do Mar”, pelas 16h00; e o espetáculo de luz e cor na fachada da antiga Fábrica Conserveira e a performance de dança contemporânea “petingas em rede”, pela Dancenema, com um convite a descobrir as Guitarras do Conservatório de Música de Portimão e o outro lado do Museu com uma lanterna na mão.

Revista Oficial da Prova.

Consulte aqui a informação sobre condicionamentos de trânsito nos dias 19 e 20 de maio entre as 12h00 e as 20h00.

 

 

0
0
0
s2sdefault