• IV Encontro Urban Sketchers Algarve

    Notícias

    IV Encontro Urban Sketchers Algarve

    Ler mais

  • Março Jovem 2019

    Notícias

    Março Jovem 2019

    Ler mais

  • Março na CED 2019

    A não perder

    Março na CED 2019

    Ler mais

  • A não perder

    Uma Noite na Biblioteca - Dia Internacional do Livro Infantil

    6 de abril

    A Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, vai comemorar o Dia Internacional do Livro Infantil no dia 6 de abril com uma noite diferente, pensada para crianças de todas as idades, que poderão passar «Uma Noite na Biblioteca».

  • A não perder

    Exposição Mascotes Olímpicas no Museu de Portimão

    21 de março a 21 abril

    Concebida pela Academia Olímpica de Portugal com recurso a peças provenientes de coleções particulares ou institucionais, a exposição retrata meio século de história olímpica no que se refere a este tipo de símbolos identitários, que se tornaram também elementos de valor económico relevante para os comités organizadores de cada edição dos Jogos Olímpicos.

  • A não perder

    Ateliê Grandes e Pequenos - Nuvens na cabeça de Susana Amorim

    20 de abril

    Esta é a história de uma menina, a Eva, que descobriu como afastar as nuvens cinzentas e pesadas que teimavam em acompanhá-la para todo o lado. Com pistas e atividades no final, este livro pode ser uma ferramenta útil para, em conjunto com as crianças, trabalhar sentimentos do dia-a-dia.

  • A não perder

    Exercícios Exploratórios| Exposição ISMAT

    1 a 29 de março

    Exposição | Exercícios Exploratórios dos alunos de 1º ano da Licenciatura de Design de Comunicação e do Mestrado Integrado em Arquitetura.

  • A não perder

    Março na Quinta Pedagógica

    Março

    Ao longo do mês de março a Quinta Pedagógica de Portimão dinamiza os seus Ateliers Temáticos, por volta das 11h00.

  • Apresentação do livro Se eu fosse Actriz, de Octávia Guerreiro

    13 de abril

    Octávia Guerreiro tenta através desta obra transmitir os seus pensamentos mais contraditórios e que entram em conflito com a realidade. Surgem poemas, surgem textos, surgem até ironias. E como uma boa atriz, devido à sua capacidade de observação, até surgem bons conselhos baseados nas suas fantasias e realidades.

  • Notícias

    Revista à Portuguesa “A Culpa é do Cu…meta”

    8 de março a 31 maio

    A Revista à Portuguesa do Boa Esperança Atlético Clube Portimonense, espetáculo que se realiza há mais de 50 anos, tem estreia marcada para o dia 8 de março, sexta-feira, às 21h00, este ano sob o mote “A Culpa é do Cu…meta”.

  • A não perder

    Tecnologia para Viver Melhor

    2, 3 e 4 de abril

    A Biblioteca Municipal de Portimão apresenta um novo projeto "Tecnologia para viver melhor" para a comunidade em geral, e em particular para a comunidade sénior.

  • A não perder

    Março na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Março

    Provida dos equipamentos necessários à concretização de eventos culturais, formações, exposições e outras atividades de interesse geral, a Casa Manuel Teixeira Gomes é um espaço que visa acolher da melhor forma quem a visita, sendo igualmente um polo de informação, não só no que respeita à vida e obra de Manuel Teixeira Gomes, mas também de informação sobre o município e património de Portimão.

  • A não perder

    Apresentação do livro “Os Cinco Pilares da PIDE”

    6 de abril

    A prestigiada historiadora Irene Flunser Pimentel apresenta-nos um retrato rigoroso de cinco das principais figuras que marcaram a PIDE/DGS pelas suas atividades, atitudes e tomadas de decisão: Barbieri Cardoso, Álvaro Pereira de Carvalho, José Barreto Sacchetti, Casimiro Monteiro e António Rosa Casaco.

  • notícias

    IV Encontro Urban Sketchers Algarve em Portimão

    31 de março

    No âmbito do programa de atividades do município para a ARU- Centro Histórico de Portimão, os Urban Sketchers Algarve voltam no dia 31 de março, e pelo quarto ano consecutivo, a marcar encontro nesta cidade desta vez desafiados a desenhar pessoas em movimento tendo como mote “Portimão Cidade Europeia do Desporto 2019”.

  • A não perder

    Livros de Pano

    10, 11 2 12 de abril

    A Biblioteca Municipal de Portimão apresenta um novo projeto "Livros de Pano" para a comunidade em geral, e em particular para a comunidade sénior, na Biblioteca de Portimão e Polo de Leitura de Alvor das 10h30 às 11h30 e no Polo da Mexilhoeira das 15h00 às 16h00. Cada sessão terá uma duração aproximada de 45 minutos.

  • Uma Noite na Biblioteca - Dia Internacional do Livro Infantil
  • Exposição Mascotes Olímpicas no Museu de Portimão
  • Ateliê Grandes e Pequenos - Nuvens na cabeça de Susana Amorim
  • Exercícios Exploratórios| Exposição ISMAT
  • Março na Quinta Pedagógica
  • Apresentação do livro Se eu fosse Actriz, de Octávia Guerreiro
  • Revista à Portuguesa “A Culpa é do Cu…meta”
  • Tecnologia para Viver Melhor
  • Março na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Apresentação do livro “Os Cinco Pilares da PIDE”
  • IV Encontro Urban Sketchers Algarve em Portimão
  • Livros de Pano

No âmbito da IV Semana da Reabilitação Urbana que decorreu entre os dias 11 e 13 de abril em Portimão, foi dado a conhecer em primeira mão o projeto de reabilitação urbana do Largo da Igreja Matriz de Portimão, cuja área de intervenção situa-se no coração da ARU- Centro Histórico de Portimão, e abrange a área de proteção de dois imoveis classificados - Igreja Matriz e muralha de Portimão.

Este projeto vem, por um lado, reforçar a identidade do centro histórico e, por outro lado, eliminar um conjunto de barreiras físicas atualmente existentes que limitam a acessibilidade pedonal, aspetos que a autarquia considera fundamentais para promover e qualificar a vivência do centro urbano.

Prevê-se no âmbito desta intervenção de reabilitação urbana a reorganização do estacionamento automóvel, que passará a ocupar zonas periféricas não adjacentes à Igreja, que desta forma não conflituam com a apreciação do monumento, bem como a pedonalização da Rua Bispo Dom António Castelo Branco, cujo acesso automóvel fica condicionado a carga e descargas, veículos de emergência e entidades competentes.

Reconhecendo o valor histórico do património edificado existente, o projeto irá abordar o espaço público na ótica da criação de um espaço contínuo, fluído e unificador e minimalista, tanto a nível material como cromático, que passará pela opção de um pavimento único em pedra calcária, capaz de agregar todo o espaço num chão único e indivisível, apenas quebrado pela marcação do que se julga ser o
traçado da muralha tardio- medieval de Vila Nova de Portimão, através da utilização de um pavimento diferenciado, trazendo à superfície a memória deste importante elemento do património classificado.

Os pavimentos dos corredores de circulação pedonal e de toda a envolvente da Igreja Matriz serão substituídos por novos pavimentos, em paralelepípedos de calcário, que constituirão uma superfície mais regular e mais confortável. Serão eliminados os passeios, passando o perfil dos arruamentos a constituir dois planos únicos, com a drenagem pluvial a realizar-se para o centro da via enquanto que a circulação automóvel e pedonal passa a funcionar sob o principio da coexistência que atribui prioridade ao peão.

Prevê-se ainda a requalificação das diversas infraestruturas existentes, rede de abastecimento de águas, esgotos domésticos, rede de águas pluviais, iluminação pública, abastecimento elétrico e telecomunicações, que se encontram obsoletas e frequentemente descontextualizadas do valor patrimonial do lugar.

Por se situar numa zona de elevada sensibilidade arqueológica, a intervenção terá uma forte componente arqueológica, que se traduzirá na execução de escavações arqueológicas prévias – manuais ou mecânicas - nos locais de maior sensibilidade arqueológica, e de acompanhamento arqueológico permanente de todas as frentes de obra.

Esta será uma obra levada a cabo em parceria com as diferentes entidades que exploram as infraestruras presentes na área e tem um prazo de execução, previsto, de oito meses.

A execução da empreitada tem um custo estimado de 750 000.00 Euros e aguarda aprovação por parte do Programa Operacional CRESC Algarve 2020, que irá financiar 65% deste valor.

 

0
0
0
s2sdefault