• Portimão celebra 97º aniversário de cidade

    Notícias

    Portimão celebra 97º aniversário de cidade

    Ler mais

  • Portimão, Um Sonho de Natal

    Notícias

    Portimão, Um Sonho de Natal

    Ler mais

  • Rallye Casinos do Algarve

    A não perder

    Rallye Casinos do Algarve

    Ler mais

19.10.2021

 O Município de Portimão vai dedicar entre 24 e 29 de outubro uma semana à igualdade, inclusão e participação, durante a qual terá lugar um encontro para apresentação de diversos projetos ligados a esta questão social tão pertinente, sendo também promovidas ações de sensibilização para a temática. 

 Esta iniciativa de cidadania local inscreve-se na agenda nacional da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com quem o Município de Portimão estabeleceu um protocolo de cooperação, e é promovida no âmbito das comemorações do Dia Municipal para a Igualdade, que se assinala a 24 de outubro.

Ponto alto da Semana Portimão pela Igualdade será o “Encontro Igualdade de Género, Boas Práticas”, cujo início está marcado para 10h00 de 26 de outubro no pequeno auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, que pretende ser um espaço de partilha e sensibilização para esta problemática e de desconstrução dos estereótipos de género. 

O primeiro tema da manhã será a apresentação do programa “Engenheiras Por Um dia”, a cargo de Mónica Canário, gestora da APPDI – Associação Portuguesa para a Diversidade e Inclusão, que promove junto das estudantes de ensino não superior a opção pelas engenharias e pelas tecnologias, desmistificando a ideia de que ambas são domínios masculinos.

Trata-se de uma iniciativa da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, com coordenação da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, em articulação com a APPDI, o Instituto Superior Técnico e a Ordem dos Engenheiros, envolvendo uma rede de 70 entidades parceiras (nove das quais municípios), 41 escolas básicas e secundárias e 15 instituições de ensino superior.

Desde a sua criação em 2017, o projeto “Engenheiras Por Um dia” (https://www.engenheirasporumdia.pt) chegou a 10.411 jovens dos ensinos básico e secundário, que participaram em 460 atividades, entre práticas laboratoriais, sessões de ‘role model’ e mentoria, sendo um dos objetivos desta apresentação desafiar à participação os agrupamentos de escolas do concelho.

Boas práticas locais

De resto, o trabalho que está a ser feito nesses agrupamentos em prol da promoção da igualdade de género vai ser o tema a abordar pela chefe da Unidade de Intervenção Sócio Educativa do Município de Portimão, Susana Proença, a que se seguirá debate.

A partir das 11h00, a pintora portimonense Stella Barreto, fundadora da Associação Iniciarte, falará sobre a igualdade de género na arte, seguindo-se um coffee break no Café Concerto do TEMPO, onde estarão expostos alguns quadros em que a artista desafia a desconstrução do papel de género, assim como diversas obras literárias relacionadas com o tema.

Após esta pausa, o Plano Municipal da Igualdade do Município de Portimão será apresentado por Carla Xavier, consultora para a igualdade de género e representante da empresa Índice, que neste momento se encontra a reformular este importante instrumento de trabalho local, integrado na Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação “Portugal + Igual” 2018-2030. 

O plano em causa visa contribuir ativamente para a promoção da igualdade de género, consciencializando todos os que vivem ou trabalham no concelho para as questões que a temática envolve quanto à linguagem, à parentalidade, aos direitos laborais, ao combate de estereótipos e, sobretudo, ao respeito de cada um.

Pouco depois, o presidente da Associação Xis – Grupo para a Promoção e Proteção dos Direitos LGTBI, Fábio Simão, dará a conhecer os objetivos desta entidade sem fins lucrativos no que toca à promoção e proteção da orientação sexual e da identidade de género junto de crianças, jovens e famílias, a que segue debate.

Durante o decorrer do encontro, que acontece no ambiente acolhedor do pequeno auditório do TEMPO, estão previstos vários apontamentos a cargo do TIPO – Teatro Infantil de Portimão na pessoa do ator João Bota, que surpreenderá a plateia com quadros humorísticos sobre alguns estereótipos que põem em causa a igualdade entre homens e mulheres.

As inscrições para o encontro são gratuitas, mas obrigatórias, e devem ser efetuadas até 25 de outubro através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Worshop, dinamização de conto infantil e mostra de t-shirts decorativas

Antes deste encontro, no dia 25 de outubro, tem lugar na Casa Teixeira Gomes, das 14h00 às 17h00, o primeiro workshop “do Ciclo pela Igualdade - Quem deve ser quem”, dirigido aos colaboradores do Município de Portimão.

Dinamizado pela Associação Xis, é propósito deste ciclo de workshops, a realizar ao longo do próximo ano, sensibilizar a comunidade local para a igualdade de género no trabalho, no sentido da desconstrução de estereótipos e preconceitos.

Para o dia 27 de outubro foi agendada a dinamização lúdica do conto “As mulheres e os homens”, de Equipo Plantel, marcada para o período entre as 10h00 e as 11h00 na Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, e dirigido a crianças dos 4 aos 10 anos, devendo as inscrições, gratuitas e obrigatórias, ser feitas até 25 de outubro através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Prémio Não Ficção Bologna Ragazzi 2016, a obra fala sobre como combater os abusos e conquistar um mundo igualitário, no qual mulheres e homens têm os mesmos direitos. No entanto, olhando em volta é fácil perceber-se que nem sempre isso sucede, pois embora algumas mulheres governem países, poucas são as que hoje ocupam os lugares de maior responsabilidade.

Durante esta semana, o Jardim 1º de Dezembro e o espaço verde junto à Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes exibem a mostra de t-shirts “Estendal pela Igualdade”, com a participação de escolas e instituições na área da infância e do apoio sénior, visando sensibilizar a comunidade para a questão da igualdade.

Para o efeito, foram convidados os Agrupamentos de Escolas do Município, colaborando igualmente na iniciativa os utentes dos Centros de Convívio Sénior de Portimão e da Aldeia da Sobreiras, além dos centros comunitários dos bairros do Pontal e Cruz da Parteira e comunidade.