• Luzes de mil e uma cores dão brilho ao Natal de Portimão

    Notícias

    Luzes de mil e uma cores dão brilho ao Natal de Portimão

    Ler mais

  • Portimão dá palco aos artistas locais

    Notícias

    Portimão dá palco aos artistas locais

    Ler mais

  • Campanha “Eu quero o meu Natal - Eu Escolho Cumprir”

    Notícias

    Campanha “Eu quero o meu Natal - Eu Escolho Cumprir”

    Ler mais

07.10.2020

Teve lugar nesta quarta-feira, 7 de outubro, a assinatura do contrato de arrendamento do edifício do antigo Estabelecimento Prisional de Portimão, com vista à instalação e funcionamento da nova Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão, num investimento na ordem dos 2,4 milhões de euros.

O imóvel, localizado na Rua Professor Doutor Montalvão Marques, junto ao Estádio Municipal, “era uma espécie de desperdício, tendo em conta a funcionalidade que poderá ter”, afirmou na ocasião a presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, que considera o novo projeto “uma forma de o requalificar e de dar vida a uma zona nobre da cidade, através de uma solução que nos orgulha e que culmina um processo com alguns anos.”

“Apesar das suas dificuldades em termos de espaço físico, a nossa Escola de Hotelaria e Turismo tem desenvolvido um trabalho magnífico. Os profissionais que daqui saem são reconhecidos em todo o país, sendo inegável a sua capacidade de formação de homens e mulheres”, realçou a autarca antes da assinatura do contrato, feita pelo presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, e por Alexandre Boa-Nova dos Santos e Maria João Canha, respetivamente presidente e vice-presidente do conselho de administração da Estamo – Participações Imobiliárias, empresa proprietária do edifício.

A cerimónia decorreu no café concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, tendo marcado presença a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, o reitor da Universidade do Algarve (UAlg), Paulo Águas, a diretora regional do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), Madalena Feu, o presidente da Região de Turismo do Algarve, João Fernandes, e o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, Francisco Serra, entre outros.

EM PROL DE UM TURISMO COMPETITIVO

“Estou certa que esta nova valência vai fazer toda a diferença. O turismo do Algarve tem que ser competitivo, não apenas pelas suas praias ou pelos seus hotéis, mas também na preparação dos seus ativos, dos seus trabalhadores”, disse a autarca, para quem “é bom estudar onde é bom viver.”

Depois de realçar o papel “de altíssimo gabarito” que a UAlg e o IEFP desempenham na área da formação, Isilda Gomes defendeu que, “se é muito bom termos boas unidades hoteleiras, boas estradas e boas praias, melhor será se tivermos bons profissionais, pessoas que saibam acolher.”

“Costumo dizer que o futuro é o que quisermos, pois vai ser construído por nós. Por isso, os algarvios é que devem ser o motor do Algarve, com o apoio do Governo central e de quem dispõe dos meios para nos ajudar, de modo a ultrapassarmos todos os constrangimentos”, defendeu a presidente da Câmara local, que se confessou “ansiosa por ver as obras começarem e terminarem, possibilitando aos nossos alunos fazer a sua formação. Será, com certeza, um momento muito importante para a cidade e hoje foi dado o primeiro passo nesse sentido.”

ABERTURA PREVISTA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE 2022

Segundo a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, “estamos a materializar um sonho, pois numa anterior visita à Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão fiquei preocupada ao verificar que as condições não eram as melhores e que os alunos mereciam muito mais.”

“Volvidos alguns meses, é com especial felicidade que estamos a celebrar este momento, visto que se trata de um investimento que faz todo o sentido. Temos que fazer tudo por tudo para que os nossos jovens disponham de condições para um futuro melhor e espero que no segundo trimestre de 2022 possamos celebrar, com emoção e especial felicidade, a concretização deste sonho, para bem dos alunos e docentes que frequentarão a futura escola.”