• O Algarve num Copo

    A não perder

    O Algarve num Copo

    Ler mais

  • ÚLTIMA HORA -

    Notícia

    ÚLTIMA HORA - "Economia do Barlavento em Debate" não se realiza dia 24

    Ler mais

  • Revista do Boa Esperança

    A não perder

    Revista do Boa Esperança

    Ler mais

  • A não perder

    Fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes

    Fevereiro 2018

    A Casa Manuel Teixeira Gomes é uma porta aberta à Cultura. O programa para o mês de fevereiro é pautado por exposições e música que merecem a sua visita. Uma programação que privilegia, claramente, a opção pela diversidade.

  • A não perder

    Ateliers na Quinta Pedagógica

    Fevereiro 2018

    A Quinta Pedagógica de Portimão é um espaço de reaproximação ao campo, à vivência e aos valores do mundo rural, tão importantes para o crescimento de uma população urbana cada vez mais afastada desta realidade.Fique a par dos Ateliêrs do mês de dezembro. Uma boa sugestão para crianças e famílias.

  • A não perder

    Março Jovem 2018

    24 de fevereiro a 7 de abril 2018

    Em 2018, e como vem sendo habitual há já 20 anos, o Março é Jovem e vive-se em pleno em Portimão. Durante todo este mês o município é marcado por diversas iniciativas e atividades de desporto, dança, educação, música, teatro, cinema, entre outras.

  • A não perder

    Apresentação do livro de Cláudia Luísa

    3 de março 2018

    A Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes recebe no dia 3 de março, pelas 17h30, Apresentação do livro “Teorias leigas em Pessoas Idosas, conhecer para intervir – manual para educadores sociais e cuidadores”, de Cláudia Cristina Guerreiro Luísa.

  • A não perder

    Exposição Günter Grass: Encontros

    8 de dezembro a 4 de março

    No dia 8 de dezembro, pelas 16h00, inaugura no Museu de Portimão a exposição "Encontros", com obras plásticas do nobel alemão Günter Grass. No final da sua vida, Grass lamentava não poder viajar para Portugal por motivos de saúde. No seu último livro, "Vonne Endlichkait", escreveu: "Ah, meu Portugal perdido, como sinto falta da tua costa sudoeste".

  • NOTÍCIA

    Startup Portimão lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve

    fevereiro e março 2018

    Startup Portimão, incubadora de negócios do município de Portimão, especialmente direcionada para as temáticas das “Smart Cities” lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve, constituído por um programa gratuito de 30 horas de formação a ter lugar durante os meses de fevereiro e março, culminando com dois dias intensos, com vista a capacitar os participantes na área do empreendedorismo e permitir que desenvolvam os seus modelos de negócio e planos de implementação.

  • A não perder

    Exposição 17ª Corrida Fotográfica

    Até 15 de abril

    Conheça os melhores trabalhos premiados durante a 17ª Corrida Fotográfica de Portimão.

  • Fevereiro na Casa Manuel Teixeira Gomes
  • Ateliers na Quinta Pedagógica
  • Março Jovem 2018
  • Apresentação do livro de Cláudia Luísa
  • Exposição Günter Grass: Encontros
  • Startup Portimão lança o primeiro Bootcamp de Empreendedorismo no Algarve
  • Exposição 17ª Corrida Fotográfica

 No dia 23 de setembro realiza-se a 5.ª edição da iniciativa “Mexilhoeira Grande - A nossa cultura sai à rua”, integrada nas Jornadas Europeias do Património 2017, este ano subordinadas à temática “Património e Natureza”.

O evento, organizado pelo Museu de Portimão e Junta de Freguesia da Mexilhoeira Grande, decorrerá no Adro da Igreja Matriz e nas ruas da freguesia, das 14h00 às 23h00, com um programa de animação rico em propostas para toda a família, que constitui um verdadeiro apelo para conhecer ou revisitar as artes, saberes e sabores que marcaram o quotidiano de várias gerações.

Através de uma mostra e conversas com os protagonistas das principais atividades de cariz “tradicional” rural da freguesia será possível aos visitantes partirem à descoberta e surpreenderem-se com o programa deste ano. Em destaque teremos a gastronomia com a confeção do pão em forno de lenha, a doçaria local, o medronho, o mel, entre outros produtos; o artesanato com a empreita, cestaria em vime, cortiça, cadeiras de atabua e rendas; a agricultura e o marisqueio; e as crenças com mezinhas e rezas. Na mostra surgem ainda pequenos espaços expositivos dedicados às memórias e vivências da terra, como uma cozinha tradicional recriada pela associação cultural, social e ambiental “Grão de Areia” e um stand dedicado aos fornos de cal e à tradição do seu uso na Mexilhoeira.

Também os jogos tradicionais voltam a convidar as famílias a jogar à macaca, ao pião, ao berlinde, ao jogo do burro ou ao lencinho da botica. Já na área dedicada ao património natural da Mexilhoeira será possível participar nos jogos ambientais com os mais novos e ficar a conhecer melhor a fauna e flora da freguesia. Este núcleo será dinamizado pela associação “A Rocha”, em colaboração com o biólogo do Município de Portimão.

Com a colaboração da empresa de turismo de natureza Burroville, voltam os passeios de burro pelas ruas da Mexilhoeira para fazer as delícias dos mais pequenos e entre as diversas atividades destacamos também os ateliers de amassar pão e de agricultura e as oficinas de construções de terra, como a taipa, pintura de cerâmica com pigmentos,

o o trabalho em barro e ainda a oficina de caiação, com início às 17h30, que tem como objetivo ajudar a caiar um muro numa das ruas da vila. Para participar nesta atividade deverá inscrever-se no próprio dia, no stand da cal.

Às 15h30 inicia a habitual visita orientada pelas ruas da Mexilhoeira à descoberta da sua história e modos de vida, que requer inscrição a realizar no próprio dia e às 16h30 começa a animação musical com a participação das concertinistas Lígia e Belinha e do Rancho Folclórico da Figueira.

Marcada para as 18h30 está uma das novidades do programa deste ano, “Dois Dedos de Conversa – Os saberes, um Património”, que de acordo com o tema das Jornadas Europeias do Património - “Património e Natureza”, consistirá numa conversa sobre o ofício da cestaria em vime com o artesão Virgílio Costa, seguida da demonstração desta arte.

“Comidinhas da terra”, a funcionar a partir das 19h00, apresenta sugestões para o jantar com vários restaurantes e coletividades da vila (A Curva, A Oficina, Snack-bar Dream, Mexilhoeira-Grande Futebol Clube, O Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense e o Rancho Folclórico da Figueira), a disporem de petiscos locais a um preço simbólico de 3,5€.

Às 20h00 será projetado o filme realizado pelo Museu de Portimão - “Saberes e vivências da Mexilhoeira”, a que se seguirá, às 21h30, um dos momentos altos deste evento, a recriação da tradição da festa da descasca do milho e debulha. Esta atividade decorre ao som do grupo “Os Amigos da Figueira”, bem como das concertinas mexilhoeirenses.

Este evento conta com a parceria de associações locais como a “Grão de Areia” e “A Rocha”, a Sociedade Recreativa Figueirense, o Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense, a Paróquia da Nossa Senhora da Assunção, da Mexilhoeira Grande, a Santa Casa da Misericórdia da Mexilhoeira Grande e o apoio de toda a comunidade, particulares e comerciantes, que se envolve, participa e contribui ativamente para o sucesso desta iniciativa.